quarta-feira, 18 de março de 2015

Jó, fidelidade invejável

A fidelidade de Jó é invejável; quando andava nas ruas em tempos de "bons frutos" era aplaudido, reverenciado, todas as pessoas olhavam para ele com uma admiração singular, muitos queriam saber o segredo de tanto " sucesso", outros se aproximaram mais para aproveitar um pouquinho de tudo que ele tinha. Mas a inveja de um ser chamado satanás foi um pouco além, ele quis tirar e tenta colocar Deus em "duvida" perante seu servo; a autoridade para mexer em seus bens materiais foi dada, tudo que ele pode fazer ele fez. Agora eu medito nas mesmas pessoas que estavam nas ruas, já não o aplaudiam mais, reverenciar? jamais, e o único olhar que lhe davam eram desprezos, quando passavam perto dele zombavam, talvez alguns dizem " ontem era o cara e hoje nem o pó da terra lhe pertencem", o desprezo foi grande, a dor incalculável; mas o que me chamou atenção em Jó foi sua fidelidade na abonança e na crise, nunca negou o Senhor (Jo 1.20-21).
E eu e você, será que estamos prontos pra ser fiéis a Deus nas crises? Ou negaremos a Deus no primeiro vento que destruir nossos planos e sonhos. Jó a fidelidade era seu sobrenome. Qual será o nome que irá escrever nessa terra?